Pós operatório de cirurgia plástica

A cirurgia plástica estética é realizada com a finalidade de obter um melhor contorno corporal e harmonização corporal e facial. Embora seja um procedimento que busca favorecer a estética, ele é alcançado mediante algo invasivo (cirurgia) que desencadeará uma série de respostas para cicatrizar a região submetida à plástica. A preocupação com os cuidados no pré operatórios tem por objetivo fortalecer os vasos sanguíneos e linfáticos da região a ser operada, desobstruindo possíveis congestionamentos. Já no pós-operatório a fisioterapia tem se demonstrado fator preventivo de possíveis complicações e promoção de um resultado estético mais satisfatório, prevenindo e/ou tratando as respostas advindas das intervenções cirúrgicas, possibilitando ainda a diminuição da ansiedade pós-operatória. edemas decorrentes do trauma cirúrgico, fibrose e cicatrizes.

A fisioterapia durante o pré e pós-operatório, lança mão de técnicas como a drenagem linfática, bandagens funcionais, massoterapia, liberação tecidual funcional (LTF), agentes térmicos (calor e frio), eletroterapia (ultrassom, micro-corrente, corrente galvânica), cinesioterapia. 

No pré-operatório o fisioterapeuta poderá avaliar vários fatores que estejam relacionados à disfunção estética, dentre eles retrações musculares, deformidades articulares, desvios posturais que levam a alguma alteração estética e funcional. Deve-se avaliar as condições circulatórias dos pacientes, estabelecendo presença de alteração como edemas/ linfedemas. De uma forma geral, o pré operatório fisioterapêutico funciona também como orientação para o paciente. É nesse momento que é preparado o mesmo para a cirurgia, e onde se conhece suas limitações e começa-se a tratar o plano de tratamento pós cirúrgico.

A fisioterapia no pós-operatório é variável e depende das características apresentadas na avaliação, análise do trofismo cutâneo e muscular, análise do edema, análise da cicatriz e análise da dor e sensibilidade do tipo de cirurgia realizada, e do tempo de pós-operatório.

A fisioterapia atua prevenindo a formação das aderências, principal fator agravante no pós-operatório, pois estas aderências impedem o fluxo normal de sangue e linfa, aumentando ainda mais o quadro edematoso, retardando a recuperação.

Cirurgias que podem ser tratadas pela fisioterapia no pós-operatório.

Pós operatório

Segunda a Sexta: 08 às 20 horas

Open chat